domingo, junho 29

Metrô de Londres no tempo e espaço


sexta-feira, junho 27

Goodwood Festival of Speed 2014: the best classic cars on display

World War One anniversary: what if Archduke Franz Ferdinand had lived?



World War One anniversary: what if Archduke Franz Ferdinand had lived?

Home > Últimas notícias > Devassa by Playboy renova pin-up de embalagens inShare 1 ReportagemComentários Aumentar Fonte Reduzir Fonte Comentar Indicar Imprimir Devassa by Playboy renova pin-up de embalagens



A Devassa renovou a pin-up que aparece nas embalagens de sua cerveja oferecida em parceria com a revista Playboy desde 2012. A personagem ganhou tom mais claro de cabelo na nova versão, feita pelos ilustradores da publicação. O desenho passa a estampar as latas da bebida e as embalagens cartonadas de long neck. O produto está disponível com a nova roupagem a partir deste mês. 

quinta-feira, maio 9

Pigs com asas



Para a maioria dos críticos de música e dos fãs de rock, é uma trajetória das mais lendárias. Depois do primeiro álbum, em 1967, 'The piper at the gates of dawn', viriam outros clássicos imbatíveis do Pink Floyd, todos dedicados ao mentor Syd Barrett, primeiro letrista, guitarrista e vocalista do grupo. Todos os álbuns do Pink Floyd vêm com letras e canções criados a partir das ideias originais de Barrett, presentes em 'A saucerful of secrets' (1968), 'More' (1969), 'Ummagumma' (1969), 'Atom heart mother' (1970), 'Meddle' (1971), 'Obscured by clouds' (1972) e, finalmente, 'The dark side of the Moon' (1973)...

Imagem: “Pig” em pôster da turnê mundial do Pink Floyd em 1977.

Veja mais em:
http://semioticas1.blogspot.com.br/2013/03/pink-floyd-na-lua.html
.
Pigs com asas

Para a maioria dos críticos de música e dos fãs de rock, é uma trajetória das mais lendárias. Depois do primeiro álbum, em 1967, 'The piper at the gates of dawn', viriam outros clássicos imbatíveis do Pink Floyd, todos dedicados ao mentor Syd Barrett, primeiro letrista, guitarrista e vocalista do grupo. Todos os álbuns do Pink Floyd vêm com letras e canções criados a partir das ideias originais de Barrett, presentes em 'A saucerful of secrets' (1968), 'More' (1969), 'Ummagumma' (1969), 'Atom heart mother' (1970), 'Meddle' (1971), 'Obscured by clouds' (1972) e, finalmente, 'The dark side of the Moon' (1973)...

Imagem: “Pig” em pôster da turnê mundial do Pink Floyd em 1977. 

Veja mais em:
http://semioticas1.blogspot.com.br/2013/03/pink-floyd-na-lua.html 
.

Ladrões de Bicicleta (1948)


Ladrões de Bicicleta (1948)
http://cinemacultura.com/?p=460

A história se passa logo após a Segunda Grande Guerra, com a Itália destruída e o povo passando necessidade. Ricci (Lamberto Maggiorani) consegue um emprego após muita espera. Só que esse emprego, de colador cartazes na rua, lhe pedia como obrigação uma bicicleta. Ricci e sua mulher Maria (Lianella Carell) conseguem um dinheiro para uma, possibilitando que ele realize o seu trabalho. Há também o menino Bruno (Enzo Staiola), filho do casal. Fascinado por bicicletas, o menino cai de cabeça com o pai na busca pela bicicleta que lhes foi roubada, quando Ricci trabalhava apenas em seu primeiro dia.
Ladrões de Bicicleta (1948)
http://cinemacultura.com/?p=460

A história se passa logo após a Segunda Grande Guerra, com a Itália destruída e o povo passando necessidade. Ricci (Lamberto Maggiorani) consegue um emprego após muita espera. Só que esse emprego, de colador cartazes na rua, lhe pedia como obrigação uma bicicleta. Ricci e sua mulher Maria (Lianella Carell) conseguem um dinheiro para uma, possibilitando que ele realize o seu trabalho. Há também o menino Bruno (Enzo Staiola), filho do casal. Fascinado por bicicletas, o menino cai de cabeça com o pai na busca pela bicicleta que lhes foi roubada, quando Ricci trabalhava apenas em seu primeiro dia.

sábado, abril 27

Beijo de Frida


Beijo de Frida

A história de Frida Kahlo é precedida pela de seu amado Diego Rivera, outro nome central da arte da América Latina. Frida conhece Diego em 1928, quando ela entrou para o Partido Comunista. Os dois se casam oficialmente no ano seguinte e Diego provoca grande transformação na arte de Frida, que adota propositalmente um estilo que procura afirmar a identidade nacional de seu país, adotando temas do folclore e da arte popular do México. “"É a história de um casal fora do comum desde o primeiro encontro", relata o francês Le Clézio, Prêmio Nobel de Literatura em 2008 e biógrafo de Frida e Diego...   

Imagem: um fotógrafo anônimo registrou um beijo de Diego Rivera e Frida Kahlo em 1933.

Veja mais em:
http://semioticas1.blogspot.com.br/2011/07/o-mito-frida-kahlo.html
.
Beijo de Frida

A história de Frida Kahlo é precedida pela de seu amado Diego Rivera, outro nome central da arte da América Latina. Frida conhece Diego em 1928, quando ela entrou para o Partido Comunista. Os dois se casam oficialmente no ano seguinte e Diego provoca grande transformação na arte de Frida, que adota propositalmente um estilo que procura afirmar a identidade nacional de seu país, adotando temas do folclore e da arte popular do México. “"É a história de um casal fora do comum desde o primeiro encontro", relata o francês Le Clézio, Prêmio Nobel de Literatura em 2008 e biógrafo de Frida e Diego...

Imagem: um fotógrafo anônimo registrou um beijo de Diego Rivera e Frida Kahlo em 1933.

quarta-feira, abril 24

Pequenos Mundos VI, 1922 – Kandinsky



Surpreendentemente cheias de fantasias são, contudo, as doze estampas de Pequenos Mundos realizadas por Kandinsky logo após sua chegada a Weimar para a Editora Propyläen. No curto espaço de várias semanas, criou quatro litografias a cores, quatro xilogravuras, duas das quais a cores e quatro gravuras a água-forte, um conjunto que implicava uma grande variedade de técnicas e composições. Apesar das cores se reduzirem essencialmente ao amarelo, vermelho e azul, Kandinsky experimentou combinar novos elementos formais, como por exemplo, retículas, xadrez, círculos e ângulos nas águas-fortes com valores de tons.

Fonte: Livro Taschen
Pequenos Mundos VI, 1922 – Kandinsky

Surpreendentemente cheias de fantasias são, contudo, as doze estampas de Pequenos Mundos realizadas por Kandinsky logo após sua chegada a Weimar para a Editora Propyläen. No curto espaço de várias semanas, criou quatro litografias a cores, quatro xilogravuras, duas das quais a cores e quatro gravuras a água-forte, um conjunto que implicava uma grande variedade de técnicas e composições. Apesar das cores se reduzirem essencialmente ao amarelo, vermelho e azul, Kandinsky experimentou combinar novos elementos formais, como por exemplo, retículas, xadrez, círculos e ângulos nas águas-fortes com valores de tons.

Fonte: Livro Taschen